Continental conclui aquisição da Veyance

Autoridades antitruste aprovam aquisição

oil
Veyance

A Continental concluiu a aquisição da empresa de borracha americana Veyance Technologies Inc., após a autoridade antitruste brasileira CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) também ter aprovado a transação sob condições, obtendo, assim, as aprovações antitruste necessárias. O volume da transação é de 1,4 bilhões de euros.

Janeiro 2015A Continental concluiu a aquisição da empresa de borracha americana Veyance Technologies Inc., após a autoridade antitruste brasileira CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) também ter aprovado a transação sob condições, obtendo, assim, as aprovações antitruste necessárias. O volume da transação é de 1,4 bilhões de euros.

"Com a integração da Veyance em nossa divisão ContiTech, fortalecemos nossa posição na áreas de tecnologia de borracha e materiais plásticos de todo o mundo. Além disso, com esta aquisição, a Continental deu um passo significativo na direção do objetivo estratégico de aumentar ainda mais a participação de vendas nas áreas industrial e retalhista", disse o Presidente do Conselho Administrativo da Continental, Dr. Elmar Degenhart, em Hanôver. "A Continental financiou esta aquisição inteiramente com recursos de caixa e linhas de crédito disponíveis. A Veyance irá trazer imediatamente uma contribuição positiva para os resultados do Grupo."

"A fusão das duas empresas será de mais valia tanto para os funcionários quanto para os clientes", disse Heinz-Gerhard Wente, membro do Conselho Administrativo da Continental e chefe da Divisão ContiTech. "A Veyance irá suplementar a ContiTech nos mercados em que estávamos anteriormente sub-representados. Também de grande importância é o fato de que, através da aquisição, expandiremos significativamente nossos negócios nas áreas industrial e retalhista e, assim, alcançaremos com a ContiTech uma participação de vendas de quase 60 por cento fora do equipamento original automotivo."

Devido à importância da aquisição, autoridades antitruste no mundo todo realizaram nos últimos 11 meses investigações sobre a compra e seus efeitos sobre os mercados relevantes. Com o intuito de atender a certas preocupações estruturais expressas pelas autoridades antitruste, a Continental irá vender o negócio de molas pneumáticas da Veyance no NAFTA, além do negócio de correias de cabo de aço da Veyance no Brasil.

Continental conclui aquisição da Veyance

Dr. Elmar Degenhart
Presidente do Conselho Administrativo da Continental

Continental conclui aquisição da Veyance

Heinz-Gerhard Wente
Membro do Conselho Administrativo da Continental e chefe da Divisão ContiTech